quinta-feira, 29 de setembro de 2011

É que as vezes...

É que as vezes a gente necessita da sensação de pertencer, daquela coisa de ter alguém dizendo que te ama sem você ter que dizer primeiro, aquele eu te amo apaixonado de homem e mulher e não só com o carinho e afeto de amigos, sensação de ser constantemente lembrado, constantemente querido.
As vezes se tem vontade de que as frases de amor façam sentindo , e que as borboletas no estômago fizessem morada e não fossem apenas visitantes esporádicas e sem sentido.
É que as vezes só se é preciso lembrar o que é um amor reciproco, o que é ter alguém esperando uma ligação sua, a alguém disposto a te doar um colo, alguém que o motivo de ter um sorriso no rosto é você, alguém que queira dividir, somar e multiplicar tudo que acontece em sua vida com você.
É que tem dias que essas vontades são tão intensas que apertam o peito vazio, mas ai a gente para e pensa que se não está aqui, que se não existe ainda, é porque não é a hora , e quando ela chegar, vai ser pra durar.

4 comentários:

Andressa. disse...

É verdade.
Concordo muito ctg!
As vezes acho que a gente tem que pertencer a alguem pra se sentir feliz

Will disse...

Olá,

intensas constatações, coração transbordando um querer mais que bem querer.
Adorei!

Uma abraço.

Marcos de Sousa disse...

A gente sempre espera que chegue e dure. O problema é que amores duram, relacionamentos não.

Gostei do texto.

Beijos

Luna Sanchez disse...

Todo mundo precisa disso, não nascemos pra não desfrutar dessas delicadezas da vida.

Um beijo, flor.