terça-feira, 1 de novembro de 2011

É novembro de novo!

É novembro mais uma vez, um novembro totalmente diferente dos dois últimos anos, um novembro com um 'quê' de saudade e perda, e uma gota de esperança. Saudade daquele amor de cinema que era minha história real, saudade do avô e do amigo que escolheram a mesma semana de novembro para me deixar, e a gota de esperança é aquele de que outro alguém apareça para revigorar-me, levando as tristezas de novembro como aconteceu no último , mesmo que ele se vá em janeiro, mas que apareça em novembro pra fazer com que as chuvas sejam mais agradáveis de se ver cair.
 Novembro chega cheio de nostalgia e vontade de mudança, novembro nunca passa em branco, sempre traz algo, seja bom ou ruim, ou ambos. Quando ele vem, vem dizendo "você me tem e apenas mais um mês para que algo aconteça de memorável este ano à você", coincidência ou não meus novembros são inesquecíveis, eles levam sempre um amor antigo e me trazem um novo, ele leva um ente querido e me apresenta um novo amigo, tem sido assim nestes últimos dois anos , sempre cheio de lágrimas e sorrisos.
Tem sido de perdas e conquistas , de finais e recomeços, tem sido como se fossem os janeiros de minha vida as minhas viradas acontecem nele , e tem sido assim, e tem me feito bem, eu só te peço novembro seja doce como sempre tem sido, mesmo que venha com uma tempestade, que o sol apareça no fim da tarde me fazendo lembrar que é novembro e as coisas vão melhora, porque sempre é hora de recomeçar.
Como quase uma oração eu agradeço por ter chegado e só peço mais uma vez que seja doce.



Ao som de November Rain- Guns N'Roses

Um comentário:

Will disse...

Oi Ju,

"a vida vem em ondas como o mar, num indo e vindo infinito", né?

Ótimo finald e 3ª feira para você!