segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Eu acredito que tudo é possível



Já me disseram que eu gosto do que é difícil, que o quase impossível sempre me atraí, coincidência ou não as coisas fáceis não me saltam aos olhos.
Mas hoje eu sei que não é porque são complicadas que me atraem, mas atraíria mesmo se fosse fácil, mesmo se fosse a coisa mais acessivel do mundo, seria extamente do mesmo jeito, faria o mesmo efeito, o que acontece é que tem coisas que não se consegue explicar, existem pessoas que se conectam pela olhar, que se entregam em um abraço, e outras que só precisam de palavras, que nem necessitam ser das mais bonitas ou mais rimadas, só precisam de palavras, verdadeiras.
Eu já falei tanto de pessoas que chegaram sem avisar e ocuparam território e fazem da minha vida sua casa, bom aqui estou escrevendo e pensando em mais uma, mas de uma forma diferente, de um jeito onde o coração que só bombeava sangue, sente algo diferente, algo que não é da sua alçada, mas mesmo assim é de uma forma única, não é estar apaixonada, não é amar, é estar confortavél, talvez seja essa a palavra, confortavél,  pois paixão é passageira e bom já são anos, e amor acho que é um pouco útopico demais para descrever isso.
Mas é que da forma mais estranha pra sociedade, eu consigo uma felicidade quase plena, eu fecho os olhos e me vejo ao seu lado, e penso em como uma brincadeira quando a gente quer pode se tornar realidade, e eu fico entre o "foi real' e o "não, era impossível", é  "o impossivel é só questão de opinião", porque eu vejo todas as qualidades e todos os defeitos aos quais eu não daria a mínima e sinto que bom, se não fosse tão díficil, seriamos um belo nós.
Então deixa o domingo se eternizar, deixa a memória guardaar, não esquece não, não dorme essa noite sem lembrar, sem sorrir, sem se perguntar se foi real, eu tô aqui ainda, eu já vou embora, mas se preocupa não, ficou muito aqui , muito de mim, te garanto, essa noite eu vou estar assim sorriso na face, alegria constante, talvez eu nem durma, porque quem dorme apenas sonha e eu gosto de realizar, então você fica aqui, mas como eu nunca pedi, eu peço, não se esqueça de mim.

3 comentários:

Andressa. disse...

É aquela coisa, vem fácil, vai fácil...
vem difícil e não se vai nunca.

Will disse...

Olá,

adorei o texto.

O impossível é uma cerca e não um muro para nossas vontades, o que permite vermos e nos encantarmos pelo que está do outro lado.

Ótima semana para você!

Carol Cardoso disse...

LINDO o teexto como sempre né ? *.*