segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Das escolhas, do destino e das certezas



A vida nos prega peças, nós fazemos escolhas e existem outras coisas que simplesmente dispensam a nossa opinião e "vem no pacote", a gente aprende a conviver e aceitar acontecimentos que teimávamos em dizer que só dependia de nós, da nossa escolha, mas a vida nos mostra que não é bem assim, que na maior parte do tempo você está no controle, mas sem mais nem menos o destino toma as rédeas e coloca em sua frente situações inusitadas, e nada como um final de semana de paz, sossego, descanso e 'isolamento' para fazer com que pensemos no que é melhor pra nós, pq é nesse instante que surge o nosso poder de escolher, onde escolhemos se mesmo com certos obstáculos no meio do caminho vamos continuar a seguir ou se é hora de pegarmos nossas 'malinhas' e mudar a direção, e pelo menos por enquanto eu me sinto caminhando talvez pelo caminho mais difícil e embaraçoso pelo qual não tenho a menor obrigação, mas é o que tem me feito mais feliz, e esta é a minha escolha. Sem culpas , sem ressentimentos, da para se tirar muito mais sorrisos da vida do que lágrimas e eu tenho feito de cada momento difícil um motivo a mais para alcançar a felicidade, e tenho feito também de cada momento de paz total, o momento perfeito para ter certeza de que é tudo isso que estou vivendo que eu quero para mim.

2 comentários:

Gabriel Revlon disse...

Escolhas, ha quem diga que elas são o que seremos nós. Sabe, tenho dificuldade de escolher certas coisas e deixar outras, mas isso faz parte da vida. no final fico com aquela frase,... e se fosse do outro jeito..., contudo sei que uma boa escolha é a medida certa para viver, e também sei que essa escolha tem que ser feita por nós!

:) gostei de vir em seu blog, e gostei de seu texto.

Andressa. disse...

Fico feliz de você está vivendo isso. *-*