quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Creche Casa do Polenguinho

No dia 23/11 (ontem) devido a um trabalho do colégio eu e meu grupo fomos fazer uma ação social em uma creche. A creche comunitária Casa do Polenguinho situada na CR73 Lote159/161- Vale do Amanhecer, CEP: 73370- 005 Planaltina-DF, atende a crianças carentes da comunidade, atualmente tem 15 crianças na creche de 1 ano e 9 meses à 10 anos, a creche funciona das 8:00 as 17:00, sendo que se os pais necessitarem de que os filhos fiquem até mais tarde as volontárias permanecem. Na Creche é fornecido as crianças o café da manhã, almoço e lanche da tarde.
A creche atualmente dispõe de 3 voluntárias ( Tia Ana, Tia Meire e Tia Lúcia), foi idealizada pelo Lucas e a Leda, a creche funciona a aproximadamente 3 meses e necessita ainda de muita ajuda, apesar de receberem algumas doações de alimentos entre outras coisas, a mistura, as frutas e verduras são o que mais falta, e estão necessitando de colchões, no próximo ano a creche recebera apenas crianças de 2 à 5 anos, devido ao fato de que escolas aceitam crianças a partir dos 6 anos de idade.
A creche ajuda aos pais e as crianças, crianças estas que muitas vezes não se alimentam corretamente em casa, não tem os devidos cuidados e atenção necessário, é uma iniciativa totalmente filantrópica que não visa lucro algum para os seus idealizadores, a não ser a satisafação de ver as crianças sendo bem cuidadas e tendo um lugar para ficar enquanto seus pais trabalham.
Na nossa visita fizemos um café da manhã para os pequeninos e uma doação de roupas para o bazar que será realizado para que possam arrecadar fundos para a creche, que se encontra com algumas salas ainda inacabadas e sem pintura.
A creche aceita qualquer tipo de doação e está aberta para visitas, as crianças são um amor, e como toda criança são muito espertas e animadas com as brincadeiras, o mais triste de tudo é quando os menorzinhos ficaram chorando quando fomos embora.
O telefone de contato para doações entre outros é o (61) 3388-9502/ (61) 9972-6172 .



Bom por mais que aparentemente tenha sido uma ação social obrigatória, no final acabou que não foi, afinal ninguém do grupo estava precisando de nota, e foi ótimo compartilhar uma manhã com essas crianças, cansativo sim, mas gratificante, com o passar do tempo a gente aprende que fazer o bem nos faz tão bem, e sempre vai ter alguém que você possa passar pelo menos passar um pouco de entusiasmo, um sorriso estampado em um rosto é a melhor recompensa que se pode receber.

E você ai vai ficar parado? Vamos ajudar, vá a uma creche comunitária, um lar de idosos, um centro de reabilitação, um hospital, e doe um pouco de alegria, talvez isso ajude tanto você quanto imagina.

Sejamos a mudança que queremos ver.

8 comentários:

dioxpot disse...

muito bom esse nosso trabalho.
fazendo ações sociais o mundo pode começar a mudar.se cada um fizer uma pequena ajuda,se formara uma grande mudança.


passei o dia tirando fotos..

beijo a todos , e fazem a sua parte

Anônimo disse...

poxa, que legal. já tinha ouvido falar dessa creche cara, mas só ouvido mesmo.
o recado final é: AJUDE.
um pacote de arroz, feijão, um brinquedo que seja não faz falta a ninguém.
parabéns ! :)

Jamile Rodrigues disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jamile Rodrigues disse...

esses trabalhos em creches, lar de idosos, casas de reabilitação são sempre incríveis, mas as pessoas não dão o devido valor o que é uma pena.
ação social, fazer o bem é o receber de volta. :)

'Lara Mello disse...

Obrigada..Meu blog é meio louco mesmo, mas reza a lenda que é melhor que novela das 8 ¬¬'
Obrigada pelo carinho! Bju

Ana Paula Mendes disse...

Não fomos pela obrigação de um trabalho escolar,mais sim por que sabiamos que estavamos não só fazendo um trabalho e sim uma ação de carinho e dedicação...Foi muito bom ver que cada um daquelas crianças tendo um carinho pela gente,mesmo que se fosse apenas momentâneo.

Gabriel Revlon disse...

Visitas como essa abrem nossos corações ao mundo, e cada sorrisinho das crianças nos ensinam amar com um amor que ainda nao conheciamos. Já tive um oportunidade parecida, fui ao hospital do cancer. E lá aprendi uma grande lição de amor - pracisamos sorrir mais e amar mais ao nosso proximo - :)

Lucas Esteves disse...

Que lindo isso :-)