quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Dois pares de olhos verdes.

Depois de mais de um ano a 'menina' enxerga outro par de olhos verdes além do que já está habituada, são olhos verdes mais escuros, que as vezes aparecem pra ela em tom castanho mas na maior parte do tempo são verdes, são belos olhos verdes.
Um par de olhos verdes que a acompanha e ama a algum tempo, são lindos, vivos e brilhantes, lhe devotam carinho, abrigo, sinceridade, amor e compreensão, mas as vezes são olhos verdes que lhe traduzem comodiade de um tempo que já não é mais o mesmo amor do começo, ainda é amor, mas porém já é um amor conhecido, onde dizer eu te amo já virou praxe, mas os olhos verdes as vezes ainda a surpreendem, ainda a deixam sem fôlego e totalmente desnorteado pelo brilho que o seu olhar emana, porque a muito tempo ela o ama, e a muito tempo não necessita de abrigo em outro olhar.
Outro par de olhos verdes lhe apareceu ultimamente, transmitindo tudo aquilo que falta no seu amado olhar de sempre, ele desperta aquele foguinho queimando em brasa querendo incendiar, aquela vontade de mudar, de recomeçar, de se entregar, de se apaixonar novamente, e de talvez muito possivelmente quebrar a cara e se achar mal-amada, mas o olhar também lhe traz esperança de futuro, mas não somente o olhar e principalmente o que diz esse olhar, é como se estivesse decidido a fisgá-la e  torna-la parte integrante dos seus olhos verdes.
São dois pares de olhos verdes que olham na mesma direção, diariamente buscando resposta, naqueles olhos castanhos que andam ultimamente tão cheios de dúvidas, são dois pares de olhos verdes, que se entrelaçam com o par de olhos castanhos, não querendo domálo, mas querendo apenas que estes se tenham perdidadamente apaixonados, um par quer que tudo seja como sempre fôra e o outro deseja conhecer tal encanto.
E a menina, se sente perdida, porque sabe que além destes lindos pares de olhos verdes se encontrar dois corações que não merecem ser despedaçados, e entre eles está o seu, que não deseja a solidão.

Um comentário:

Gabriel Revlon disse...

Que lindooooooo seu texto.
você sabe colocar sentimentos nas palavras. E isso é lindo !
Gostei do texto, Drª olhos casatnhos.