terça-feira, 24 de maio de 2011

Ela... só ela

Um olhar que sempre me trouxe segurança, um sorriso que fazia brotar em mim todas as vezes em que eu o via, alegria. Sabe o ouro, a prata e o diamante, nenhum deles tem valor, não perto do teu amor.
O "eu te amo" não vem depois que você fez algo que a agrade, vem depois daquele momento que você fez a maior burrada que você acreditava ser impossivel de se fazer, e o "eu te amo" é sincero, é verdadeiro, é cheio de ternura, cheio de paz, cheio de zelo.
Os momentos de raiva nunca duram mais do que só por aqueles momentos, resquícios de inveja não existem, eles nessa relação não habitam, ela doa sem esperar nada em troca...
... e um sorriso em meio a lágrimas e momentos de desespero vindo de dentro é o que a deixa novamente com forças pra lutar por você, com você, porque é amor, é maor de mãe é um amor único.

Um comentário:

Andressa disse...

Nossa que lindo Ju! *.*
muito linda a homenagem que fez pra tua mãe ♥